Aqui o associado é o dono

55 3352-4400

Siga-nos no

Facebook!

Cotações de Grãos

Soja

69,50

Trigo

41,00

Milho

30,00

Arroz

39,00

Coopatrigo

Comercial

20/03/2019

Coopatrigo participou de missão brasileira que visitou a Provincia de Misiones na Argentina

  • 28 de dezembro de 2018

Nos dias 17 e 18 de dezembro a Coopatrigo fez parte de um grupo brasileiro que esteve visitando a capital da Provincia de Misiones, Possadas na Argentina. O objetivo da viagem foi o de participar das discussões que estão sendo promovidas pelo Ministério de Industria e Comércio da Provincia de Missiones para a exploração da hidrovia do Rio Paraná, através dos Portos de Possadas e Santa Ana que possui ligação com o Porto de Rosário, também na Argentina.

A Coopatrigo foi representada neste encontro pelo presidente Ivo Batista, o Superintendente Paulo Cordenonsi, o gerente Administrativo Sadi Scaramussa e o assessor de comunicação Roberto Marques. Também fizeram parte da comitiva brasileira representantes da Cotrirosa, Frigorífico Alibem, representantes das industrias de Santa Catarina, especialmente a Aurora Alimentos e também representantes dos municípios de Porto Xavier e Porto Mauá.

O encontro foi intermediado pelo professor Pedro Buttembender da Unijuí que possui ligações acadêmicas com Possadas e foi convidado a organizar esta comitiva. “Achei muito importante esta iniciativa da Provincia de Misiones de convidar para estas discussões empresas brasileiras que ficam na costa do Rio Uruguai e atualmente fazem mais de 600 km para exportar grãos e produtos industrializados e também importar insumos, através do Porto de Rio Grande”, afirmou o professor universitário. Dizendo ainda que a presença da Coopatrigo foi muito importante pelo grande volume de grãos que movimenta ao longo do ano, bem como os insumos importados para a formação das lavouras dos seus associados.

Se o projeto realmente se efetivar haverá uma diminuição significativa na distância a ser percorrida pelos caminhões para o escoamento da produção. O porto de Santa Ana fica a uma distância de 130 km de São Luiz Gonzaga indo por Porto Xavier, já o Porto de Possadas fica a 160 km, pelo mesmo trajeto.

O Ministro da Industria e Comércio de Misiones, Luis Lichowski disse que estão sendo investidos altos valores para a estruturação destes dois portos mas é necessário um volume razoável de produtos a serem movimentados para a viabilidade econômica do projeto e por isto esta região do Brasil está sendo procurada, pois sabe-se do alto custo logístico que possuem atualmente para chegar aos Portos de Rio Grande, Itajaí e Paranagua. “Neste encontro ficou claro que todas estas empresas possuem o interesse em utilizar nossos portos e a partir de agora vamos avançar as discussões para que isto seja possível sem entraves burocráticos e aduaneiros que possam inviabilizar esta parceria”, afirmou o Ministro.

O presidente da Coopatrigo Ivo Batista que falou nos encontros sobre o trabalho da cooperativa, seu faturamento e movimento de produtos que realiza ao longo do ano através do Porto de Rio Grande disse que o projeto dos Hermanos Argentinos é muito bom, mas será preciso aguardar para ver como vão ficar os custos para o envio de grãos através do Portos de Santa Ana e Possadas. “Sabemos que negócios entre dois países são bastante complexos e existem vários pontos a serem resolvidos, mas se após passadas estas barreiras o serviço vier a funcionar e significar uma diminuição no custo logístico com certeza a Coopatrigo vai participar, a fim de conseguir valorizar mais a produção dos seus associados”, afirmou o presidente da cooperativa.

 

Roberto Marques

Assessor de Comunicação Coopatrigo